segunda-feira, 26 de outubro de 2015

Uso do hífen


Não há como negar que é um assunto que ainda traz muitas dúvidas, depois da reforma ortográfica!


 O hífen é, basicamente, usado em três situações:
 * em formações por prefixação, unir prefixos ou falsos prefixos a radicais;
 * nas formas pronominais;
 * na separação de sílabas.




Convém complementar que usamos o hífen  também nas palavras compostas em que os elementos da composição (substantivo, adjetivo, numeral ou verbos) têm acentuação tônica própria e formam uma unidade significativa, sem elementos de ligação.
Exemplos: arco-íris, ano-luz, mesa-redonda, tenente-coronel, decreto-lei, fura-bolo, guarda-costas, segunda-feira.

O hífen deve ser usado em palavras compostas que designam espécies botânicas e zoológicas: abóbora-menina, louva-a-Deus, cobra-d'água, couve-flor, feijão-verde, erva-doce, bem-te-vi. 

Nos adjetivos compostos: surdo-mudo, nova-iorquino, verde-amarelo.

Com a partícula denotativa de designação eis seguida de pronome pessoal: eis-vos, eis-me.

Com os sufixos de origem tupi-guarani (açu, guaçu e mirim): amoré-guaçu, anajá-mirim, capim-açu.

quinta-feira, 22 de outubro de 2015

Dissertação/Esquema I



Exemplo 1:
 Tema: Chegando ao terceiro milênio, o homem ainda não conseguiu resolver graves problemas que preocupam a todos. (Por quê?)

 Argumento 1 - Existem populações imersas em completa miséria.
 Argumento 2 - A paz é interrompida frequentemente por conflitos internacionais.
 Argumento 3 - O meio ambiente encontra-se ameaçado por sério desequilíbrio ecológico.



Chegando ao terceiro milênio, o homem ainda não conseguiu resolver os graves problemas que preocupam a todos, pois existem populações imersas em completa miséria, a paz é interrompida frequentemente por conflitos internacionais e, além do mais, o meio ambiente encontra-se ameaçado por sério desequilíbrio ecológico.

Embora o planeta disponha de riquezas incalculáveis – estas, mal distribuídas, quer entre Estados, quer entre indivíduos – encontramos legiões de famintos em pontos específicos da Terra. Nos países do Terceiro Mundo, sobretudo em certas regiões da África, vemos com tristeza, a falência da solidariedade humana e da colaboração entre as nações.

Além disso, nesta últimas décadas, temos assistido, com certa preocupação, aos conflitos internacionais que se sucedem. Muitos trazem na memória a triste lembrança das guerras do Vietnã e da Coréia, as quais provocaram grande extermínio. Em nossos dias, testemunhamos conflitos na antiga Iugoslávia, em alguns membros da Comunidade dos Estados Independentes, sem falar da Guerra do Golfo, que tanta apreensão nos causou.

Outra preocupação constante é o desequilíbrio ecológico,provocado pela ambição desmedida de alguns, que promovem desmatamentos desordenados e poluem as águas dos rios. Tais atitudes contribuem para que o meio ambiente, em virtude de tantas agressões, acabe por se transformar em local inabitável.

Em virtude dos fatos mencionados, somos levados a acreditar que o homem está muito longe de solucionar os graves problemas que afligem diretamente uma grande parcela da humanidade e indiretamente a qualquer pessoa consciente e solidária. É desejo de todos nós que algo seja feito no sentido de conter essas forças ameaçadoras, para podermos suportar as adversidades e construir um mundo que, por ser justo e pacífico, será mais facilmente habitado pelas gerações vindouras.



Exemplo 2:

 

Tema: É de conhecimento geral que a qualidade de vida nas regiões rurais é, em alguns aspectos, superior à da zona urbana.

Argumento 1 - No campo inexiste a agitação das grandes metrópoles.

Argumento 2 -No campo, há maiores possibilidades de se obterem alimentos adequados.

Argumento 3 - As pessoas dispõem de maior tempo para estabelecer relações humanas mais profundas e duradouras.

                A qualidade de vida na cidade e no campo

     É de conhecimento geral que a qualidade de vida nas regiões rurais é, em alguns aspectos, superior à da zona urbana, porque no campo inexiste a agitação das grandes metrópoles, há maiores possibilidades de se obterem alimentos adequados e, além do mais, as pessoas dispõem de maior tempo para estabelecer relações humanas mais profundas e duradouras.
    Ninguém desconhece que o ritmo de trabalho de uma metrópole é intenso. O espírito de concorrência, a busca de se obter uma melhor colocação profissional, enfim, a conquista de novos espaços lança os habitante urbano em meio a um turbilhão de constantes solicitações. Esse ritmo excessivamente intenso torna a vida bastante agitada, ao contrário do que se poderia dizer sobre a vida dos moradores da zona rural.
     Além disso, nas áreas campestres há maior quantidade de alimentos saudáveis. Em contrapartida, o homem da cidade costuma receber gêneros alimentícios colhidos antes do tempo de maturação, para garantir maior durabilidade durante o período de transporte e comercialização.
     Ainda convém lembrar a maneira como as pessoas se relacionam nas zonas rurais. Ela difere da convivência habitual estabelecida pelos habitantes metropolitanos. Os moradores das grandes cidades, pelos fatores já expostos, de pouco tempo dispõem para alimentar relações humanas mais profundas.
     Por isso tudo, entendemos que a zona rural propicia a seus habitantes maiores possibilidades de viver com tranquilidade. nos resta esperar que as dificuldades que afligem os habitantes metropolitanos não venham a se agravar com o passar do tempo.








Dissertação


Na dissertação argumentativa, a introdução é a tese (ideia central) a ser discutida e provada nos parágrafos seguintes; o desenvolvimento é a argumentação, ou seja, a discussão de ideias que comprovam e fundamentam a tese; a conclusão é a retomada da tese ou dos juízos discutidos e justificados na argumentação.

O conteúdo constitui o encadeamento de ideias, formando o texto que informa, que  questiona, que analisa, interpreta ou opina.
Para se redigir um texto dissertativo, são indispensáveis:
* CRITICIDADE - exame e discussão crítica do assunto por meio de argumentos convincentes, gerados pelo acervo de conhecimentos pessoais. Por isso, sempre aconselho aos meus alunos que leiam, fiquem antenados nos acontecimentos. Leiam jornal, leiam uma revista informativa, se informem pela internet. Estar atualizado é fundamental.
* CLAREZA - a competência número 1 a ser analisada no Enem é se o redator domina a norma culta da Língua Portuguesa. O que não quer dizer que você tenha que usar um vocabulário difícil e sem compreensão. O vocabulário da sua redação deve ser preciso e coerente com as ideias expostas. O aprimoramento da linguagem e a diversidade vocabular são fundamentais para adequar ideias e palavras.
* UNIDADE - O texto deve desenvolver-se em torno de um assunto. As ideias que lhes são pertinentes devem suceder-se em ordem sequente e lógica, completando e enriquecendo a ideia-núcleo. Aqui fica a dica para tomar cuidado com redundâncias, repetições.
* COERÊNCIA - associação e correlação das ideias na construção dos períodos e na passagem de um parágrafo a outro. Os elementos de ligação são indispensáveis para entrosar, ligar orações, períodos e parágrafos.

Enem/Nota zero


quarta-feira, 14 de outubro de 2015

cerração X serração


Cerração indica ainda uma dificuldade em falar, devido a rouquidão ou sufocação e o ato de cerrar, ou seja, fechar: cerramento, encerro.

sexta-feira, 9 de outubro de 2015

Exercícios/Fonologia

1) Os vocábulos passarinho e querida possuem, respectivamente:
    a) 6 e 8 fonemas.
    b) 10 e 7 fonemas.
    c) 9 e 6 fonemas.
    d) 8 e 6 fonemas.
    e) 7 e 6 fonemas.

2) Quantos fonemas existem na palavra paralelepípedo?
   a) 7
   b) 12
   c) 11
   d) 14
   e) 15

3) Em nascente temos, respectivamente:
   a) 8 letras e 6 fonemas.
   b) 3 sílabas e 8 fonemas.
   c) 1 dígrafo e 1 ditongo.
   d) 1 encontro consonantal e 1 encontro vocálico.
   e) 3 encontros consonantais. 

 4) Assinale a alternativa em que todas as palavras contém dígrafos
    a) jaca, guerra, averigue, matagal. 
    b) guerra, milharal, ancião, matança. 
    c) bizonho, apazigue, distinção, canalha. 
    d) hipopótamo, país, passagem, viagem. 
    e) subumano, pelintra, supimpa, canzarrão 

5) Assinale a alternativa que contém ditongo oral crescente:
   a) equestre
   b) poucos
   c) guerreiros
   d) ninguém
   e) quando 

6) os vocábulos pequenino e drama apresentam, respectivamente:
   a) 4 e 2 fonemas.
   b) 8 e 5 fonemas.
   c) 8 e 4 fonemas.
   d) 9 e 5 fonemas.
   e) 7 e 7 fonemas.

7) Assinale a alternativa em que a letra x representa o mesmo fonema que em exato:
   a) xarope
   b) axila
   c) máximo
   d) exegese
   e) xícara

8) Não há ditongo em:
   a) amavam
   b) ontem
   c) muito
   d) apaziguou
   e) mamãe

9) Só não há tritongo em:
   a) saguão
   b) delinquiu
   c) praia
   d) enxaguem
   e) apaziguei

10) O i não é semivogal em:
   a) papai
   b) azuis
   c) médio
   d) rainha
   e) herói

11) O item abaixo que apresenta erradamente uma separação de sílabas é:
   a) trans-o-ce-â-ni-co
   b) cor-rup-te-la
   c) sub-li-nhar
   d) pneu-má-ti-co
   e) e-co-no-mi-a

12) Assinale a alternativa em que as sílabas de todas as palavras estão separadas corretamente:
   a) fi-ngem, no-rte, con-fu-ndem
   b) ex-pres-são, lín-gua, fo-ra
   c) ali-men-tar, vi-vos, ga-mbá
   d) qu-an-do, a-ta-ca-dos, i-sso

13) Assinale a alternativa correta quanto à divisão silábica, à ortografia e à análise da estrutura fonética da palavra em destaque:
   a) se-ri-ís-si-mo - vocábulo proparoxítono, com um hiato e um dígrafo.
   b) ar-rit-mia - vocábulo oxítono, com dois encontros consonantais e um ditongo crescente.
   c) flu-i-dos - vocábulo paroxítono, com um encontro consonatal e um hiato.
   d) pre-ten-ci-o-so - vocábulo paroxítono, com um encontro consonantal, um dígrafo e um hiato.

14) (FUMARC -Câmara municipal de Ouro Preto - Advogado/2004) Ambas as palavras  contêm exemplo de dígrafo em:
   a) magma/massa
   b) nascer/exceto
   c) seccional/barro
   d) afta/minha

15) (IPAD - COMPESA) Analise a divisão silábica das palavras abaixo.
   1. convicção - con-vic-ção
   2. abstrato - ab-stra-to
   3) transparência - tran-spa-rên-ci-a
   4) nascimento - nas-ci-men-to

   Estão corretas:
   a) 1, 2, 3 e 4.
   b) 1 e 4, apenas.
   c) 2 e 3, apenas.
   d) 1, 3 e 4, apenas.
   e) 2, 3 e 4, apenas.

16)  (FEPESE-Prefeitura de Balneário de Camboriú - Arquiteto/2008) Adaptada. Observe a frase.
   Entreabri os olhos e deparei com uma quantidade enorme de cascalho e areia.

   Coloque dentro dos parênteses (coluna 2) o número que corresponda à classificação correta dos conjuntos destacados, de acordo com a coluna 1 (não é permitido repetir qualquer número).

   Coluna 1                                                    Coluna 2
   1. hiato                                                            (   ) abri
   2. ditongo decrescente                                (   ) olhos
   3. ditongo crescente                                     (   ) quantidade
   4. grupo consonantal                                   (   ) deparei
   5. dígrafo                                                        (   ) entreabri

   Assinale agora a resposta que apresenta a sequência correta, de cima para baixo: 
   a) 1-4-3-2-5
   b) 4-5-3-1-2
   c) 4-5-3-2-1
   d) 5-4-3-2-1
   e) 5-4-2-3-1


17) (CESPE/UnB - UEPA) Assinale a opção em que as palavras apresentam, em sequência, ditongo/hiato/ditongo.
   a) outra/comeu/coisa
   b) comeu/chorou/rainha
   c) diante/muito/teus
   d) meus/piavam/ pai

18) (CESPE/UnB - CEHAP) Assinale a opção que apresenta o vocábulo classificado inadequadamente quanto ao número de sílabas. 
   a) acredito - polissílabo.
   b) comigo - trissílabo.
   c) Rosinha - dissílabo
   d) eu - monossílabo

19) ( AOCP - Prefeitura Municipal de Camaçari) Assinale a alternativa em que todas as palavras são proparoxítonas:
   a) documentos, dirigentes, pesquisadora.
   b) públicas, pedagógica, física.
   c) adicionais, levantamento, atividades.
   d) contador, eliminados, escolas.
   e) gestores, concentrassem, sistema.

20) ( Consulplan - Técnico em Informática/2011) "Por trás de um pequeno homem talvez exista uma mulherzinha de nada." As palavras destacadas apresentam, respectivamente: 
   a) encontro vocálico/dígrafo/encontros vocálicos.
   b) hiato/dígrafo/ encontros consonantais.
   c) encontro consonantal/ditongo/dígrafos.
   d) tritongo/ditongo/dígrafos.
   e) encontro consonantal/dígrafo/dígrafos




GABARITO

1) Resposta D: A palavra passarinho possui 8 fonemas (4 vocálicos e 4 consonantais. Observe que há dois dígrafos (ss/nh). Dígrafo é o emprego de duas letras para a representação de um só fonema. A palavra querida possui 6 fonemas, 3 vocálicos e 3 consonantais. Observe que também apresenta um dígrafo (qu).

2) Resposta D: 7 fonemas vocálicos e 7 fonemas consonantais.

3) Resposta A: 8 letras e 6 fonemas, uma vez que apresenta dois dígrafos (sc/en)

4) Resposta B: guerra (gu/rr), milharal (lh), ancião (an), matança (an)

5) Resposta A: equestre (semivogal +vogal)

6) Resposta B: 8 e 5 fonemas. O vocábulo pequenino apresenta o dígrafo qu e o vocábulo drama apresenta encontro consonantal.

 7)  Resposta D: Nas duas palavras, exato e exegese, a letra x representa o fonema /z/.
 Nas demais alternativas, temos o fonema /x/ em xarope e xícara; o som de ks  em axila; e em máximo, o fonema de /s/.

8)  Resposta E: apazigou (tritongo)

9) Resposta C: prai-a

10) Resposta D: A vogal i em rainha é tônica. No caso, ocorre um hiato, sendo assim não há semivogal na palavra.

11)  Resposta A: tran-so-ce-â-ni-co (A última consoante de prefixos, quando seguidas de vogal, junta-se a ela.)

12)  Resposta B.
        Separação silábica correta das demais palavras 
        (fin-gem/nor-te/con-fun-de/a-li-men-tar/gam-bá/quan-do/is-so)

13)  Resposta A: 
       ar-rit-mi-a - vocábulo paroxítono, com um dígrafo (rr) e um encontro consonantal imperfeito(tm).
       flui-dos - vocábulo paroxítono, com um encontro consonantal perfeito e um ditongo.
       pre-ten-si-o-so - vocábulo paroxítono, com um encontro consonantal , um dígrafo vocálico e um hiato

14) Resposta B: nascer (sc)/exceto (xc) 

15) Resposta B.
      Separação silábica correta das demais palavras
      (abs-tra-to/trans-pa-rên-ci-a) 

16) Resposta C.

17) Resposta D.

18) Resposta C: Ro-si-nha, vocábulo trissílabo.

19) Resposta B. Todas as palavras possuem a antepenúltima sílaba tônica e por isso são acentuadas.

20) Resposta E: trás (tr - encontro consonantal perfeito), pequeno (qu - dígrafo) e mulherzinha (lh/nh - dígrafos)